Uncategorized

Morte no Nilo

De forma a criar a energia e emoção dos lugares exóticos para onde Agatha Christie transporta os leitores dos seu livros, este filme foi filmado com câmaras de 65mm, uma forma de filmagem bastante imersiva e especialmente adequada a um filme com um grande elenco, como neste caso. “Para mim, o escapismo e o transporte são totais. É uma experiência maravilhosamente imersiva e ilusória, muito cheia e densa. A profundidade, os detalhes, a oportunidade de replicar a experiência da visão humana, são absolutamente valiosas”, refere Kenneth Branagh.

Jim Clay, designer de produção, decidiu fundamentar a história, tanto quanto possível, com cenários físicos. As filmagens começaram no parque aquático de Cotswolds, onde um mercado de especiarias egípcio foi criado, com os lagos de Cleveland fazendo de Rio Nilo. De lá, a produção mudou-se para os estúdios Longcross e Stage 1, onde partes do Hotel Cataract de Assuão foram recriadas. Os cineastas visitaram o hotel verdadeiro no início da pré-produção e trabalharam incansavelmente para projetar o enorme cenário que transmite toda essa grandeza e glamour. “Eu usei uma mistura de vários estilos de arquitetura do Egito na década de 30 e construímos o nosso próprio cenário, composto especificamente para os requisitos do guião (casamento de Simon e Linnet, festa de casamento, chegada ao Egito)”, refere Clay. O cenário incluía o lobby, amplos salões abertos, chão de mármore, maravilhosos arcos, uma grande varanda e escadaria, bem como um pátio externo e área de cais. Usando chapas de madeira com acabamentos decorativos em gesso, o departamento de construção montou pré-fabricados nas oficinas antes de erguer as estruturas no cenário, durante um total de 13 semanas.

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.